Páginas

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Pedreira















Será no velho Augusto Bauer que o Criciuma tentará diante do Brusque a sua primeira vitória na temporada. São duas derrotas seguidas, 3 a 2 para o Flu na Primeira Liga e 1 a 0 para o Avai no estadual, e em casa, oque é pior. Jogar em Brusque sempre foi dificil. Narrei muitos jogos quando o Criciúma tinha aquele timaço e era sempre uma pedreira. Ia para Brusque, dificilmente escapava. Mas venceu la algumas vezes. Problema é o futebol do Criciúma que nao me permite acreditar. O time nao tem poder de fogo, de chegada e se for pra se defender apenas, perde. Deivid vai ter que buscar algumas alternativas ( quais ? boa pergunta) para fazer desse limao uma limonada. Só uma noite inspirada pode salvar o Tigre de um revéz, se levarmos em conta especialmente o jogo com o Avai. A esperança é uma atuação parecida com aquela diante do Fluminense. So que no Augusto Bauer vai ser fumaceira. Esperem logo mais a noite, com radio ligado no Futebol em Dobro.



Nenhum comentário:

Postar um comentário